Beleza e Saúde

Depilação – Nosso desafio de todo mês! O que fazer?

03/10/2018

Independente do método de depilação escolhido (cera ou lâmina), eliminar pelos é um processo traumático. Elas são as principais causadoras de manchas na pele, pelos encravados, irritações e foliculite (inflamação do pelo encravado).

A foliculite acontece quando uma bactéria invade o poro onde está o pelo e inflama, causando: dor, coceira, pontinhos pretos, as vezes pus ou bolinhas vermelhas. Este problema é mais comum em peles morenas e negras, devido aos pelos recurvados, as regiões mais afetadas são virilhas e pernas. Evite cutucar, pois pode machucar e deixar manchas.

Saiba como conseguir uma depilação perfeita e acabar de vez com o problema através da Fotodepilação ou o Laser de Luz Intensa Pulsada. Esses métodos de depilação oferecem mais benefícios em diversos aspectos: duração prolongada, praticidade, evita a foliculite, lesões ou irritações à pele. A luz do laser emite calor queimando o folículo, essa ação elimina o pelo desde a raiz. Os dois procedimentos têm aspectos parecidos, mas são diferentes, pois cada um usa um tipo de luz para atingir a raiz do pelo, o que é determinante para sua eficácia.

Fotodepilação

Esta técnica para eliminar os pelos está cada vez mais popular. A fotodepilação emite uma luz que atinge o pelo, o aquece e destrói o folículo piloso (raiz do pelo). Entretanto, não deve ser feita nas peles mais escuras como peles de mulatas ou negras, pois existe o risco de provocar manchas irreversíveis. Essa técnica só funciona em pelos escuros, pois o laser enxerga melhor o pigmento escuro. No caso dos pelos loiros ou grisalhos, são mais resistentes ao tratamento. Sua aplicação é considerada bem menos dolorosa se comparada à depilação a laser e, por isso, é chamada de fotodepilação.

Sessões: ao menos cinco sessões são necessárias para se ter resultados significativos. Quando bem feita, as sessões a laser costumam ter resultados excelentes e pouca manutenção é exigida. Recomenda-se a manutenção de seis a oito meses. Uma vantagem das sessões de depilação a laser é a rapidez com que ela é feita.

Luz Intensa Pulsada

A luz pulsada é um procedimento estético que é indicado para a remoção de manchas na pele, combate à rugas, rejuvenescimento facial e a remoção definitiva de pelos. Ela aplica uma luz policromática, que se espalha em várias direções à pele. Essa luz tem o poder de enfraquecer progressivamente os folículos pilosos e inibindo o crescimento do pelo. As regiões mais comuns para tratar: buço, axilas, coxas, e afins.

Como as temperaturas atingidas com este método são substancialmente mais baixas que com o laser, o risco de queimaduras ou de pigmentação é muito menor. Este tratamento pode ser usado em qualquer tom de pele e de pelo, mas para obter bons resultados exige mais sessões do que o laser.

Sessões: são necessárias de cinco a dez sessões. Porém essa é apenas uma média, pois a quantidade de sessões variam de pessoa para pessoa. O procedimento deve ser realizado a cada 30 dias. Para manter o tratamento em dia é preciso fazer a manutenção a cada seis meses.

Doí?

Nos tratamentos de Fotodepilação ou Luz intensa Pulsada, a dor é quase zero diferente da técnica a laser que é bem dolorida. É usado no procedimento uma anestesia tópica ou um aparelho que soltam pequenos jatos gelados aliviam a dor e a irritação da pele. Após a sessão é comum que a pele fique avermelhada e muito sensível. Em alguns casos, pode formar casquinhas na pele, o ideal é passar cremes ou pomadas por recomendação médica.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *